O Tronco de Natal nunca foi um doce que preenchesse a nossa mesa. Volta e meia é feito mas não é peça obrigatória desta época.
Este ano quis criar uma alternativa um pouco menos tradicional, com um tipo de massa algo cheese e declaradamente mais húmida e leve, mas que, essencialmente, não fosse apenas mais um bolo.
Não sendo a primeira vez que faço esta massa de cenoura, como podem ver aqui, desta vez acabou por assumir uma textura mais densa, talvez pela absorção da humidade do próprio queijo creme. Contudo, nem por isso ficou presa ou menos deliciosa. 
O resultado é o que está à vista. Acredito que desperte a atenção dos mais curiosos, agradando claramente aos apaixonados por estas mesclas. 
É uma proposta leve e fresca, que faz justiça à clássica conjugação de ingredientes que adoro – cenoura e chocolate.
Nada como experimentar e tornar o Natal ainda mais bonito.

































TRONCO DE NATAL DE CENOURA E QUEIJO CREME

Ingredientes 
(10-12 fatias) 
|Massa de cenoura
3 ovos, grandes, batidos
1 chávena (chá) de açúcar mascavado claro
1,5 chávena (chá) de puré de cenoura 
3/4 chávena (chá) de óleo de girassol
1 chávena (chá) de farinha de trigo
1 chávena (chá) de farinha de aveia
1 colher (chá) de fermento
1 colher (café) de canela
1 colher (café) de bicabornato de sódio
|Massa de queijo creme
120 gr de queijo creme (usei Philadelphia)
75 gr de açúcar em pó
1 ovo, médio
1 colher (sobremesa) de extracto de baunilha
1 colher (sobremesa) de amido de milho
Raspa de lima
|Cobertura/Ganache
100 gr de chocolate de culinária (70% de cacau)
100 ml de natas ligeiras
1/2 colher (café) de canela
|Decoração
Amêndoa sem pele, tostada
Folhas de hortelã fresca
Açúcar em pó

Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Neste caso usei forma de silicone, de meio cano, mas no caso de ser tradicional, untar com manteiga e enfarinhar. Reservar.
Num recipiente colocar os ovos, o açúcar mascavado, o puré de cenoura e o óleo e mexer bem com uma colher ou batedor de varas (não precisa de batedeira).
Misturar os secos – farinhas, fermento, canela e bicabornato – e peneirar sobre a mistura anterior, aos poucos, em 3 vezes. Envolver bem com uma colher ou espátula.
Entretanto bater o queijo creme com o açúcar em pó até ficar um preparado cremoso e homogéneo. Acrescentar o ovo, o extracto de baunilha, a raspa de lima e o amido de milho, e bater um pouco mais até estar tudo perfeitamente envolvido.
Verter cerca de metade da mistura de cenoura na forma e de seguida o queijo creme. Verter a restante massa de cenoura. Passar um garfo na massa, de forma ligeira, em movimento de onda, apenas para envolver um pouco as massas. 
Levar ao forno cerca de 35-40 minutos.
Retirar do forno, deixar arrefecer cerca de 15 minutos e desenformar.
Preparar o ganache, triturando ou partindo o chocolate em pedaços pequenos. Colocar numa taça, juntamente com a canela, e verter por cima as natas previamente bem aquecidas (sem ferver). Deixar repousar dois minutos e mexer energicamente até o chocolate estar perfeitamente derretido e o creme suave, mas algo espesso. Deixar arrefecer um pouco se estiver demasiado liquido (este creme deve ser aplicado com alguma consistência).
Cobrir abundantemente o bolo com o creme de chocolate. Desenhar com os dedos ranhuras largas no chocolate de modo a criar um efeito texturado.
Decorar a gosto com as amêndoas e a hortelã. Servir.